Não sei

Não sei.jpg

Da vida estou farto

Da sopa estou farto

Este nó eu não desato

É ciência em desacato

Da imensidão estou farto

E da pequenez também

Recolho já ao meu quarto

Só da morte não sei.

publicado por poetazarolho às 00:28 | comentar | favorito