Os dias do nada

Os dias do nada.jpg

Nos dias do nada existem intenções de tudo,

Os dias do nada são ôcos e vazios,

Têm intenções plenas e sustentadas em nada

E tudo toma conta de nós,

Como se nada fosse tudo

Como se nós fossemos nada,

E se nós não formos nada

De quem serão as intenções ?

Os dias do nada, plenos de intenções

Intenções de tudo, alheias a nós,

Tristes dias do nada …

Sublimes dias do nada …

Onde nós somos nada

Providos de intenções alheias,

Os dias do nada são ôcos e vazios,

Nos dias do nada existem intenções de tudo.

publicado por poetazarolho às 23:52 | comentar | favorito