20
Mar 15
20
Mar 15

Mundo salgado

Mundo salgado.jpg

Peço desculpa ao mundo

Porque não tenho razão

 

Peço desculpa ao mundo

Pela falta de compreensão

 

Peço desculpa ao mundo

Pelas faltas doutro irmão

 

Espero que o mundo me desculpe

Do fundo do seu coração.

publicado por poetazarolho às 20:02 | comentar | ver comentários (3) | favorito (1)
18
Mar 15

Revelação

Revelação.jpg

Pôr do sol ao fim do dia

Na manhã o recomeçar

 

Dias há que ao terminar

Com a vontade desfeita

 

Só a longa noite espreita

Parecendo não terminar

 

Vontade ao regressar

Revela a manhã perfeita.

publicado por poetazarolho às 23:35 | comentar | ver comentários (2) | favorito
18
Mar 15

Notícia fresca

Notícia fresca.jpg

Toda a notícia é ruído

E todo o ruído é notíca

Toda a verdade é verdade

E toda a mentira também

Toda a mentira é mentira

E verdade só se convém.

publicado por poetazarolho às 06:38 | comentar | ver comentários (1) | favorito
16
Mar 15
16
Mar 15

Ruína

Ruína.jpg

O orçamento eu lamento

Não chega para asfalatar

O orçamento eu lamento

Não chega para tratar

O orçamento eu lamento

Não chega para educar

O orçamento eu lamento

Não chega para alimentar

O orçamento de momento

Só chega para matar.

publicado por poetazarolho às 23:10 | comentar | ver comentários (3) | favorito
15
Mar 15
15
Mar 15

Perfeitamente

Perfeitamente.jpg

Imperfeição perfeita

Pela crítica está sujeita

À perfeita contradição

Que lhe atribui a perfeição

Mas de imperfeição não passa

Por muito qu’a gente faça

Só o olhar apaixonado

Pode pôr a imperfeição de lado.

publicado por poetazarolho às 19:39 | comentar | ver comentários (1) | favorito
12
Mar 15
12
Mar 15

Nós cidade

Nós cidade.jpg

Janela da minh’alma

Ao longe a felicidade

 

Não é espelho da cidade

Lá onde não reina calma

Nem impera fraternidade

 

Entristece-me a situação

Nós cidade sem coração

E sem alma na verdade.

publicado por poetazarolho às 23:35 | comentar | ver comentários (1) | favorito
11
Mar 15
11
Mar 15

Ruína moral

Ruína moral.jpg

Não sinto chegar o passado

Essa ponte para o futuro

E no abismo do presente

Vejo a humanidade ruir.

publicado por poetazarolho às 23:41 | comentar | ver comentários (1) | favorito
10
Mar 15
10
Mar 15

Sub poema

Sub poema.jpg

Poema sem sentido

Sem alegria ou ferido

Sem rima, alma ou côr

De tristeza e tanta dôr

Desprovido de emoção

Espezinhado sem razão

Foi poema mal parido

Antes não fora nascido.

publicado por poetazarolho às 23:36 | comentar | ver comentários (5) | favorito
08
Mar 15
08
Mar 15

Assombrado

Assombrado.jpg

Tuas sombras

Não são cinquenta

Nem vinte

Nem dez

Nem uma

Tu não tens sombra.

publicado por poetazarolho às 17:07 | comentar | ver comentários (1) | favorito
07
Mar 15
07
Mar 15

Teoria do nada

Teoria do nada.jpg

O mundo num parágrafo

Na palavra o coração

A letra dá o sentido

Do nada nasce emoção.

publicado por poetazarolho às 19:09 | comentar | ver comentários (1) | favorito