01
Abr 15

Miragens

Miragens.jpg

Vou embebedar-me de poesia

Mas não perderei a razão

Da noite far-se-á dia

Já que é essa a missão

Ressacado de versos mil

Cambaleante me levantarei

No deserto o óasis de Abril

É visão em que não acreditarei .

publicado por poetazarolho às 22:39 | comentar | ver comentários (6) | favorito
01
Abr 15

Fábula popular

Fábula popular.jpg

A cigarra já não canta

Formiga já não labuta

Ao povo já nada espanta

Vindo dos filhos da outra

O gafanhoto morreu

Fez-se paz à sua alma

E o povo adormeceu

Embalado na tarde calma.

publicado por poetazarolho às 00:19 | comentar | ver comentários (1) | favorito (1)