Vem

Vem.jpg

Vem, desce à terra

Inferno de fogo, céu azul

Escolha múltipla, sem saída

Fim à vista, sem escolha

Desperdício, precipício

Auto-estrada de sabedoria

Quando por fim no início

Revela toda a ignorância

Escolha única, a saída

Vem, sobe aos céus.

publicado por poetazarolho às 00:19 | comentar | ver comentários (1) | favorito